Neste inverno, as temperaturas estão variando. Já tivemos alguns dias muito frios e outros mais amenos. Mas uma coisa é certa: ao primeiro sinal de frio, muitos motociclistas já não pensam em como se proteger das intempéries, como pilotar a moto. Um dia frio não significa que você e sua moto precisem hibernar. Hoje temos roupas e equipamentos que fazem toda diferença. Afinal, precisamos investir para combater não só o desconforto que o frio traz, mas também a insegurança que ele provoca. 

Antes de pegar a moto pra sair de casa, é preciso pensar na roupa. A regra é vestir várias camadas, para evitar que o vento faça o corpo perder calor, principalmente em altas velocidades na estrada. Há opções de segunda pele, roupas de tecido sintético e couro, para enfrentar o vento e pilotar a moto.

Pilote sempre equipado. Faça chuva, faça sol, frio ou calor, pilote sempre com o equipamento de proteção completo – capacete, jaqueta, luvas, calças e botas. Afinal, além de se proteger no caso de algum acidente, você mantém a temperatura do seu corpo ao pilotar a moto nos dias mais frios. Na cabeça, além do capacete, use uma balaclava ou ainda uma bandana no pescoço.

Não esqueça das mãos e pés. Mais do que nunca, as luvas são fundamentais no frio. Os modelos de inverno devem ser mais grossos que os usados normalmente, já que a garoa ou o orvalho pela manhã são comuns nessa época do ano. Nos pés, use meias grossas e botas de cano alto para que seus pés, tão importantes na pilotagem, não congelem.

No inverno, as chuvas e a serração podem complicar o dia. E se estiver frio e você molhado, a sensação térmica só piora. Por isso, não se esqueça de sempre levar uma capa de chuva. Em uma emergência, caso você não esteja vestido adequadamente, as capas de chuva podem servir também para amenizar o frio.

Já falamos um pouco de como se proteger do frio. Mas e a moto? Bom… ela também sofre com as baixas temperaturas. A dica é aquecer o motor da moto por, pelo menos, três a cinco minutos antes de partir. Como a temperatura ambiente é baixa, todos os fluidos também estão frios, até mesmo o combustível, que poderá dificultar a partida da moto. Cuide ainda mais do sistema elétrico, porque nesta época do ano costuma ser mais exigido. Outros fluidos, como  de freio e óleo da suspensão, também precisam ser aquecidos até atingirem a temperatura ideal de funcionamento. Vale lembrar que o pneu também vai levar alguns minutos para aquecer e oferecer a aderência necessária. Mas além de aquecer, a moto vale investir em acessórios como manoplas.

Piloto e moto equipados, é hora de pegar a estrada. Fique atento à pista. Quando a temperatura fica próxima de zero, uma fina camada de gelo pode se formar e deixá-la muito escorregadia.

Se for viajar, mesmo que você esteja protegido, faça paradas. Pilotar por muito tempo contra o vento ou em locais mais gelados podem fazer seus dedos perderem a sensibilidade e seus pés congelarem, o que certamente representará um perigo para a sua segurança.

 

Seguiu todas estas dicas? Então você pode aproveitar a liberdade de pilotar a moto em qualquer época do ano.

Siga a nossa página no Facebook e no Instagram para acompanhar as nossas novidade e receber mais dicas. Confira as nossas motos no site.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

NOSSA CONCESSIONÁRIA